A CASA RÚSTICA – Cheia de encanto

O branco, grande protagonista da decoração, renova a imagem desta casa tradicional e proporciona espaços amplos e cheios de luz.

Esta casa, situada no centro de uma aldeia situada próximo do mar, é o resultado da unificação de duas pequenas casas que se encontravam geminadas. Os atuais proprietáríos, um casal recém-casado que as adquiriram para criar uma residência para passar os meses de verão, juntaram-nas e mantiveram o estilo tradicional da região, ou seja, utilizaram materiais simples como a madeira e a pedra. No entanto, para lhe dar um ar mais atual, decidiram pintá-la, tanto por dentro como por fora, toda de branco.

 

O branco foi, também, o tom escolhido para o chão, que foi pintado com uma tinta especial, muito resistente a golpes e riscos, devido à sua composição à base de poliuretanos. Uma solução perfeita para poder desfrutar livremente sem ter de estar pendente de cuidados aborrecidos.

 

 

Perto da lareira situada a sala de jantar. Está equipada com uma mesa e cadeiras a condizer. A toalha foi realizada com um cortinado de linho do IKEA.

Devido a esta pequena janela, a sala de jantar recebe luz natural, criando um ambiente quente e acolhedor.

OBRA BEM PENSADA
Para conservar o espírito original da casa, decidiram respeitar os painéis de vigas do teto. Além disso, em consonância com este estilo rústico, optaram por fazer muitos dos móveis em alvenaria. Por exemplo, os da cozinha, da zona do vestiário, onde se integra também o lavatório, e da banheira, que foi aproveitada ao máximo com inúmeras estantes à sua volta. É, também, de alvenaria o banco que está junto à mesa de jantar que, não só oferece mais assentos, mas também um espaço extra para arrumação. Precisamente nesta zona encontra-se a antiga lareira que, no inverno, proporciona calor a toda a casa. O piso inferior é um espaço amplo no qual estão a sala de estar, a de jantar, o hall e a cozinha em dois pisos que, na verdade, não foram criadas de propósito, mas que são a consequência da unificação das duas casas originais.

 

GANHAR LUZ E ESPAÇO
Os proprietários desejavam, essencialmente, uma casa luminosa e com espaços livres que transmitissem uma sensação de amplitude. Por esse motivo, a base da decoração é o branco que observamos em todos os revestimentos e em grande parte dos móveis, peças na sua maioria adquiridas numa loja de decoração na qual os proprietários desta casa, dois grandes apaixonados por viagens, encontraram diversos objetos que lhes recordaram as suas travessias pelo mundo. Sem dúvida, uma original.

 

A luz natural e a escolha dos revestimentos, todos em branco, dão uma maior amplitude visual aos diferentes espaços.

Vestiário amplo –  Este fica unido ao quarto sem paredes nem separação alguma. Nele integra-se, ainda, a zona do lavatório.

 

QUARTO PRINCIPAL

Em contraste com os revestimentos brancos, a colcha bordada mostra um bonito colorido. As almofadas são de Gastón y Daniela. O banco aos pés da cama dá-lhe um toque acolhedor.

Ao prescindir-se da cabeceira da cama e ao optar-se por mesinhas baixas, o espaço fica muito mais liberto.

 

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *