Cabeceiras de cama com estilo

Renovado com um tecido,

é uma das ideias que a seguir apresentamos e propomos para uma nova aplicação a realizar na sua casa, concretamente no quarto de sua casa.

 

A cama que se pode visionar a seguir, contava com uma cabeceira de madeira que tinha ficado obsoleta. Para actualizá-la, optou-se por revesti-la com um tecido alegre.

Com grandes motivos florais e vegetais. Estes estampados alegram e dão um ar fresco ao quarto. Para renová-lo, foi realizada uma capa para cobrir a cabeceira com um tecido de algodão que é facilmente lavável, com folhas e flores de grande formato, que foi depois coordenado com almofadas de seda de diferentes tamanhos e cores. O resultado é um quarto bastante feminino e elegante.

 

 

Realizar a alteração com papel de parede,

é uma  ideia que pode  permitir obter uma cabeceira original que não ocupa espaço (vide foto a seguir). Uma solução engenhosa para este quarto, que contava com poucos metros. Com riscas horizontais. Foi escolhido um papel com este motivo, modelo William White, de Sandberg por Pepe Penalver porque ajuda a enquadrar visualmente o espaço. Foi, depois, rematado com uma moldura, de Leroy Merlin, pintada no mesmo tom da parede, 57.17.72, da marca Bruguer.

 

Com tábuas de madeira.

O autor da decoração deste quarto, Jordi Tejedor, conseguiu criar uma cabeceira original com tábuasde madeira lacadas a branco. Uma proposta interessante, pois este material é um bom isolante térmico e disfarça as imperfeições da parede.

Para aproveitar o espaço ao máximo, foi feita à medida, de parede a parede, e com uma prateleira prática e muito útil para colocar objectos decorativos, livros… No que diz respeito à iluminação, e para não roubar espaço à mesinha, foi instalado um aplique no friso da parede, assim como uma tomada e o respectivo interruptor. Para além disso, fica tudo escondido na cabeceira, o que significa um extra em termos de estética, para além de uma maior segurança.

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *