CASA RÚSTICA SEGUNDA RESIDÊNCIA

CASA RÚSTICA SEGUNDA RESIDÊNCIA
Esta casa, situada numa localidade campestre, de paisagens muito bonitas e bucólicas, é a segunda residência de uma família citadina. Os proprietários tinham-na frequentado em crianças e queriam voltar a desfrutar desta terra, agora com os seus três filhos, numa casa cómoda e atual, mas que também tivesse o estilo das clássicas construções rústicas.

O arquiteto, Carlos e o promotor, trabalharam em equipa para construir uma casa que pudesse corresponder a todas as suas expectativas.

MEIO ENVOLVENTE
Um dos objetivos foi integrar a casa na bela paisagem circundante. Para tal, fez-se uso de vários detalhes estruturais e decorativos que são típicos nas antigas casas de campo. As cores suaves e claras de todas as paredes,a decoração interior com detalhes cuidados, como o revestimento das paredes e do chão da cozinha de estilo rústico ou o teto com vigas de madeira à vista, foram alguns dos segredos do sucesso.

 Na cozinha apenas a zona de trabalho
foi revestida. O resto foi pintado em branco-sujo,

tal como manda a tradição nas casas de campo.

Precisamente para criar uma certa união visual entre o interior e o exterior, as vigas e toda a carpintaria da casa foram pintadas num suave tom verde e, a condizer com ele, foram igualmente escolhidas todas as frentes dos móveis da cozinha.

 

No que diz respeito à decoração interior, os proprietários ficaram encarregues dela.

Recanto de trabalho
Num dos cantos do quarto principal foi criada uma pequena zona de trabalho, de marcado estilo rústico, graças a pequenos detalhes como o candeeiro de latão, o cesto para as revistas e os móveis de madeira — uma secretária e uma cadeira — com todo o sabor de antigamente.

Para tal, adquiriram móveis atuais e combinaram-nos com várias peças antigas. E, para aligeirar o resultado, utilizaram acessórios têxteis e outros detalhes decorativos cheios de cor. Por exemplo, na sala convivem, sem estridências, duas cadeiras art decó, uma mesa de centro de linhas depuradas, sofás modernos em branco e um majestoso candeeiro de pé com os móveis da zona de refeições em fibras naturais, a lareira rematada com uma viga de madeira e um tradicional cesto para a lenha.Também os cortinados, com padrão de folhas, e os tapetes em fibra natural, envolvem o espaço com a naturalidade de uma casa de campo.


No quarto, a zona de descanso, funcional e moderna, está em frente a um recanto de trabalho com móveis vintage e rústicos.


Na casa de banho, pequenos detalhes tradicionais, como os cestos de fibras naturais, fundem-se com o desenho moderno do móvel do lavatório de Silestone. Uma fusão de estilos que tem um resultado final acolhedor.

Quanto custa?
-Azulejos cerâmicos da cozinha, desde:
Preço/m2 28 €
-Mosaicos do chão da cozinha, a partir de:
Preço/m2 49 €
-Bancada de Silestone BiancoZeus com prateleira:
Preço/m aprox 510 €

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *