Dez pinturas veja qual lhe convém

Para além da beleza da cor há muitos outros aspetos que devem ser tidos em conta ao decidir-se por uma tinta. Dizemos-lhe quais os tipos que existem, como e onde usá-los…

 

1 – PLÁSTICA OU TMPERA?

As segundas são mais económicas e disfarçam melhor os defeitos das paredes mas não são laváveis (saem se passar um pano húmido) e estragam-se com os riscos. As plásticas são resistentes e laváveis, mas a parede deve estar perfeita.

.

2 – O QUE AS TORNA MELHOR

Primeiro a sua capacidade de cobertura: quanto maior for, menos camadas terá de dar e portanto, poupará. Veja também se é lavável. Se for, poderá limpar as manchas facilmente.

.

3 – SEJA QUAL FOR A TINTA…

Aplique primeiro o primário. Há para paredes antigas, para superfícies como o Pladur… Com este tratamento melhora-se o acabamento e reduz-se o consumo em tinta.

.

4 –  LISAS OU COM TEXTURAS?

Deve-se, sempre, retirar  a tinta anterior e lixar a parede para ficar lisa. Os esponjados, o estucando…, são técnicas muito decorativas, mas dificeis realizar. Há tintas com diferentes efeitos prontas a aplicar de forma simples. Leroy Merlin 10€/l.

.

5 – ESCOLHA A COR…

Os quentes (amarelos, vermelhos…) criam ambientes muito vivos, perfeitos em salas e cozinhas. Os frios (neutros, azuis, verdes), mais relaxantes, são ideais para os quartos.

.

6 – QUE QUANTIDADE DE TINTA PRECISA?

Com 1 litro costuma-se cobrir 10m2 de parede. Mas tenha em conta que as superfícies com gotelé ou rugosas absorvem até 50% mais do que as lisas. Não se esqueça que, por cada porta que há na parede, deve tirar 2 m2, e por cada janela 1m2.

 

7 – PONHA MÃOS À OBRA!

Comece pelos cantos, portas e janelas. Depois, teto e paredes. Aplique a tinta no sentido
horizontal e termine com uma demão na vertical.

 

8 – ANALISE A DIVISÃO

Se é grande e luminosa, pode pintá-la em tons escuros. Se não, utilize tons amarelos, crus… Agora pode dispor de tintas que refletem o dobro da luz e aumentam o espaço. É o caso da gama AmpLitude, da marca Bruguer, 6,49 €/L.

 

9- CASA DE BANHO

Há tintas que isolam e são impermeáveis. Outras protegem contra a formação de mofo, gretas… Mas também existem tintas que são anti-pingo. Informe-se…

 

10- NOS QUARTOS DAS CRIANÇAS

Use tintas plásticas ou lacadas, pois são mais resistentes.
Ainda melhor se forem ecológicas (sem substâncias tóxicas) e não tiverem cheiro.
Há, ainda, as que reduzem a presença de ácaros.

 

Sabia que…


Com o esmalte de água Unilak pode pintar e mudar a cor de diversas superfícies. Atualmente existem materiais muito absorventes, como o gesso ou a madeira, bem como outros nos quais uma tinta convencional não oferece resultados satisfatórios, como o metacrilato, o pvp rígido ou a cortiça. O esmalte  de água Unilak aplica-se diretamente
sobre qualquer material e decora com uma excelente aderencia e elasticidade, tanto no interior como no exterior do lar para além de ter muitas cores, inclui acabamento satinado e mate. Em cozinhas e casas de banho escolha tintas plásticas e laváveis. São fáceis de limpar e resistentes…
Para saber mais entre em: www.titanlux.pt

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *