Luz perfeita, dez ideias

Com uma iluminação adequada as divisões da sua casa podem parecer maiores e mais acolhedoras. Dizemos-lhe tudo o que deve saber para que consiga acertar em cheio na luz perfeita em dez ideias!

 

Três conselhos muito práticos
Combine várias luzes: intensas para momentos sociais e suaves para os íntimos. São, também, muito úteis os reguladores.
Evite as sombras com uma iluminação uniforme com apliques, candeeiros de teto ou focos embutidos.
Com focos ou candeeiros oríentáveis pode dirigir a luz se estiver a incomodar.

 

Dez Ideias: 

1 Instale uma luz geral
Sobretudo na sala, na cozinha e na casa de banho. Mas não exagere, pois se tiver demasiada potência, reduzirá o espaço e será incomodativa. O ideal são 20 W/m2. Pode pôr candeeiros de teto ou focos de halogéneo. Deixe 1 m entre eles para evitar sombras.

 

2 Ponha luz de ambiente
Com candeeiros de pé ou de mesa. São mais quentes e permitem criar zonas diferenciadas: para ler, ver televisão… Veja se o feixe de luz atinge a zona superior do ombro.

 

3 Escolha algumas luzes pontuais
Para destacar um recanto especial ou um objeto bonito: um aparador antigo, uma parede decorada de forma distinta do resto, um quadro, uma estante…

 

4 Luz no WC e na Cozinha
0 melhor para a casa de banho é uma luz pontual sobre  a zona do lavatório e outra na zona da sanita eda banheira. Atenção que sobre esta ou no poliban não é permitido instalar candeeiros a menos de 2,25 m de distância, exceto se forem estanques. Os interruptores devem estar no mínimo a 1 m de uma saída de água. Na cozinha instale uma luz geral que dê harmonia e unifique. Ponha, ainda, focos embutidos sob os armários altos para darem luz pontual à bancada. Se iluminar o interior, ganhará profundidade.

 

5 Retire as incandescentes
Elimine totalmente as lâmpadas incandescentes: consomem muita eletricidade e geram  CO2. Tem três alternativas: as lâmpadas de baixo consumo, as de LED e as ‘halogéneas-
-economizadoras”, que gastam menos 30% de energia elétrica.

 

6 Escolha lâmpadas de baixo consumo
Consomem a quinta parte da energia elétrica em relação às incandescentes e duram 10 vezes mais. Uma de 15 W equivale a uma incandescente de 75 W. Há diferentes tons de luz: mais quentes (luz amarela) e mais frios (luz branca); e em diversas formas: em espiral, em tubo, esférica, em globo… As de tipo fluorescente devem ficar acesas se se ausentar brevemente da divisão: gastam mais a ligar e a desligar.

 

7Aposte na lâmpada LED

Oferece vantagens: quase não se funde, pode durar seis anos acesa constantemente, consome 20 vezes menos do que as incandescentes e não aquece.


8 Se vai remodelar a instalação…
Aproveite e ponha comutadores para ligar/desligar a luz desde diferentes pontos da divisão. Desta forma ganhará conforto no quarto e na sala.

 

9 Cuidado com os focos de halogéneo
Se instalar muitos o ambiente poderá chegar a ficar frio e impessoal. Evite pô-los sobre o sofá ou sobre a cama: encandearão demasiado.

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *