Poucos metros quadrados, boas ideias

 

.
Este apartamento com apenas 50 m2 parece muito maior devido às fantásticas soluções decorativas, que lhe dão personalidade própria. As linhas: tons claros e móveis bem escolhidos. A sala aposta no branco nas paredes e no mobiliário. A nota de cor é introduzida pelo sofá, do IKEA, com uma vistosa capa de tom vermelho.

 

Esta casa é um exemplo de como é possível tirar o máximo partido de apartamentos peque-
nos com ideias acertadas e decorativas. A empresa 9flats foi a responsável pela remodelação com o objetivo de rentabilizar os metros e, depois, alugar a casa.

Uma boa distribuição – os 50 m2 deste apartamento encontram-se distribuídos da seguinte forma: sala comum e cozinha — que partilham o mesmo espaço — casa de banho e quarto, situados ao lado de um pequeno corredor.

Com poliban à medida
O chão da casa de banho está ao mesmo nível do poliban, sem degrau ou base. A diferença é que, no poliban, os azulejos são mais pequenos, com mais juntas. São menos escorregadios.

Para dar leveza e ganhar. espaço, escolheu-se um lavatório de vidro suspenso na parede, com toalheiro integrado.

 

Sala de jantar a condizer

Com os estores fechados, a cozinha pode ficar isolada e, assim, consegue-se mais intimidade na sala comum. O tapete, de Leroy Merlin, completa a decoraçâo e dá calor ao ambiente.

Desta forma, foi eliminada uma parede de modo ligar a sala comum à cozinha e o chão foi unificado com um acolhedor soalho flutuante em todos estes ambientes. Uma ideia muito prática consiste em colocar estores japoneses, fixos a uma calha no teto, que permitem separar a zona de cozinha da sala comum em momentos pontuais. Todas as paredes foram pintadas num branco luminoso, tom que é muito eficaz para ampliar visualmente.

É, também, o tom da maior parte das peças de mobiliário e acessórios que foram escolhidos para a sala, como a mesa de centro e o porta-revistas, uma mesa auxiliar com rodas, do KEA, os candeeiros, e o tapete de Leroy Merlin. Contígua à zona de refeições encontra-se a cozinha, do IKEA, que está distribuída apenas numa parede. Inclui zonas frontais brancas e em tom de madeira e, ainda, módulos altos com portas envidraçadas e brancas. A parede oposta tem várias prateleiras envidraçadas.

 

MUITO BEM DECORADO

De tamanho bastante irregular, o quarto exprime o seu espaço: aqui prescindiu-se da cabeceira e, no seu lugar, a parede foi, originalmente, pintada às riscas. Um espelho, do IKEA, na parede contígua, amplia o espaço.

A casa de banho, muito bem aproveitada e equipada com acessórios de El Corte Inglés, foi revestida em branco. Conta com um poliban e um lavatório sem móvel em baixo. Em suma, bom gosto e ideias bastante acertadas conjugam-se em toda a casa, multiplicando os seus poucos metros úteis.

Riscas e tons claros
Em vez da cabeceira, a parede foi pintada com riscas beges e castanhas. Os bancos  colocados ao fundo da cama são úteis e dão personalidade ao quarto. Num recanto envidraçado, uma esinha e um candeeiro dão um toque elegante ao ambiente.

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *